“Seja Digital” debate desligamento da TV Analógica com Prefeitura de Jales

image

Representantes da Seja Digital, entidade responsável pela migração do sinal de TV Analógico para o digital no Brasil, se reuniu com representantes da Prefeitura de Jales para viabilizar a assinatura de um Termo de Cooperação com o Poder Executivo municipal, visando ampliar ações de orientação e informação sobre o desligamento que vai ocorrer no mês de novembro em Jales e outras 62 cidades da região.

Estavam presentes os mobilizadores do Seja Digital, Ângela Ribeiro e Maria Aparecida Miranda, Thaís Alves e Marcio Edson Pereira. Representaram a Prefeitura o secretário de Comunicação, Douglas Zílio, de Assistência Social, Luana Lourenço da Silva, da Saúde, Maria Aparecida Moreira Martins, de Educação, Lourdes Marcondes Resende, o sub-procurador Geral do Município, Benedito Dias da Silva Filho, além de representantes das secretarias de Comunicação e Educação.

Entre as ações propostas está a criação de pontos de apoio no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), onde as pessoas poderão tirar dúvidas sobre o desligamento do sinal analógico e o processo de agendamento e retirada dos kits, com antena, conversor e controle remoto.

De acordo com a Seja Digital, as famílias inscritas em programas sociais do governo federal (Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Pronatec e Carteira do Idoso, entre outros) que ainda não sabem se terão direito ao kit gratuito, podem ligar gratuitamente para o número 147.

“Caso o Termo de Cooperação se concretize nos próximos dias, a Seja Digital e a Secretaria de Comunicação da Prefeitura desenvolverão diversas ações entre os meses de junho e novembro, quando o sinal analógico será desligado, para levar importantes informações para a população. O objetivo é que ninguém fique sem TV a partir da data prevista para o desligamento”, frisou o secretário de Comunicação, Douglas Zílio.

A Seja Digital – Entidade Administradora da Digitalização da TV – é uma organização sem fins lucrativos, constituída por determinação do Governo Federal, pelas operadoras de telefonia Algar, Vivo, Tim e Claro, vencedora de um processo de licitação, de lotes de radiofrequência na faixa de 700 Mhz.

“Nossos esforços visam acelerar a digitalização de domicílios brasileiros, em grandes e médias cidades, que precisam estar aptos a receber o sinal digital de TV, antes do desligamento do sinal analógico. Na região de Votuporanga, que envolve 94 cidades, o desligamento está previsto para acontecer no dia 28 de novembro deste ano. E vale ressaltar, o sinal será mesmo desligado e é importante que as pessoas tomem as providências para não ficarem sem assistir TV”, ressaltou a mobilizadora Ângela Ribeiro.

A mobilizadora Maria Aparecida Miranda lembrou que para que seja confirmado o desligamento, um dos pressupostos é que 93% dos domicílios de cada região estejam aptos a receber o sinal.  “Nossa ações visam informar e prestar assistência à população sobre o processo de desligamento do sinal às famílias de menor renda, inclusive com a distribuição de kits de conversão para o aproveitamento das TVs antigas, normalmente de tubo”.

Fale conosco

Obrigado por entrar em contato com a gente :)

Informe um nome

Informe um Email válido

A mensagem não pode ser vazia