Entre os dias 21 e 25 de novembro, foi realizada a 25ª edição da Mostra Escola Livre de Teatro no Centro Cultural “Dr. Edílio Ridolfo”, o Teatro Municipal de Jales, que incluiu apresentações artísticas de seis espetáculos. O evento reuniu nos cinco dias aproximadamente mil espectadores.

A Mostra é uma realização do Espaço Cidadania, Cultura e Arte (ECCART) e do Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro, que tem apoio da Prefeitura Municipal de Jales por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (SMECT).

O objetivo do evento, que já vem acontecendo há 25 anos, é estimular o interesse cultural do público para que assim possa cada vez mais crescer prestigiando os espetáculos do Ponto de Cultura. “A Mostra Escola Livre de Teatro é uma importante ação do ponto de cultura por ser o momento em que os alunos/atores se colocam diante do grande público para mostrar o resultado dos seus estudos e vivências. Momento em que as ideias, as pesquisas, as ações e gestos são metamorfoseados em espetáculos”, disse Clayton Campos, diretor da Escola Livre de Teatro.

No Teatro Municipal foram apresentadas as peças “Meu Quarto, Minha Inocência”, “No País dos Prequetés”, “Quem Tem Casa, Casa?”, “Cadê o Riso do Palhaço?” e “Flor de Manacá”. Já a peça “Auto da Camisinha” foi exibida na Praça João Mariano de Freitas.

Letícia Lopes Perfetto, aluna da escola livre de teatro que participou de três espetáculos, contou que é muito agradável ver o resultado desde o processo de montagem das peças até o produto final. “Foi extraordinário participar da 25º Mostra da Escola Livre de Teatro. É muito satisfatório ver o resultado de todo o processo de montagem das peças, envolvendo muito estudo e ensaio, e ver como valeu a pena o esforço e dedicação de todos os envolvidos. É indescritível a sensação de fazer parte desse evento encantador”, completou Letícia.