O Fundo Social de Solidariedade de Jales esteve movimentado no dia 25 de novembro, ocasião em que foi realizada a entrega dos certificados para sete alunas participantes do Curso de Manicure e Pedicure. As aulas foram ministradas pela professora voluntária Silvana Tupan.

O principal objetivo do curso é garantir a inserção no campo de trabalho às profissionais formadas, proporcionando uma renda extra para a família. As alunas podem trabalhar em salões de beleza que possuem um público mais seleto e cativo, que geralmente são procurados por pessoas que não tem agenda para marcar horários fixos e optam pela praticidade do momento. Outra possibilidade de trabalho é atuar como autônomas, atendendo em domicílio. Por ser um ramo promissor, há sempre inovação e múltiplas possibilidades nesta área de trabalho.

Esta é a quarta turma de Manicures e Pedicures formada desde que o Fundo está sob o comando da primeira-dama, Glauciane Pontes Helena Franco. O curso teve início no dia 02 de setembro deste ano, com duração de aproximadamente três meses. Nas aulas, as alunas aprenderam técnicas de embelezamento das unhas das mãos e dos pés, desenvolveram um trabalho com base teórica e prática, técnicas de higienização e esterilização dos instrumentos de trabalho, dicas de ética profissional e excelência em atendimento ao cliente, visando e respeitando sempre as normas da Vigilância Sanitária e da biossegurança.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Glauciane, falou sobre o quanto é gratificante ver o resultado positivo desse curso e das outras atividades do FSS. “Ver a busca das pessoas em relação aos cursos é muito recompensante, elas procuram o Fundo Social pensando em adquirir conhecimento e no auxílio que os cursos podem proporcionar para aumentar a renda familiar. Nosso trabalho está contribuindo para mudanças na realidade de pessoas mais carentes da nossa cidade. É um trabalho de formiguinha, mas estamos conseguindo atingir nossos objetivos, melhorando a qualidade de vida, a autoestima e a renda familiar. Nada seria possível sem o apoio fundamental das professoras que trabalham voluntariamente e da Prefeitura Municipal, que fornece todo o material, tornando tudo possível para que os cursos aconteçam”.

No dia 25, graduaram as alunas Aparecida Pereira Aguilera Rodrigues, Bruna Gonçalves da Silva, Jessica Cristine Souza Macedo, Jhenifer Fernanda Gonçalves Arco, Joana D’arc de Assis, Lara Cintia da Silva e Sandra Cristina Dane.

Sandra é um dos exemplos bem sucedidos de alunas que fizeram o curso. Ela conta que está voltando para a área de trabalho, da qual ficou um tempo afastada, após o curso com a professora Silvana. “Pra mim foi maravilhoso, eu adorei o curso e a Silvana explica super bem. Pra mim, tudo que eu vivi lá foi de bom proveito”.

“Estamos muito felizes e satisfeitos com o trabalho realizado pelo Fundo Social de Solidariedade de Jales. Desde 2017 o FSS atendeu mais de 3.000 pessoas e ofertadas quase 6.000 vagas, oferecendo cursos e oficinas de qualidade. Dessa forma, essas pessoas tem oportunidade de adquirir conhecimento, capacitação para um novo emprego e, consequentemente, é possível aumentar a renda familiar. É um trabalho que merece nosso respeito e apoio”, frisou o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá.