Na manhã da sexta-feira, dia 23, foi realizado nas dependências da Casa do Poeta, anexo a Biblioteca Municipal de Jales, o 1º Encontro Anual entre a Central de Penas e Medidas Alternativas – CPMA de Jales e as instituições parceiras que oferecem vagas para a Prestação de Serviços à Comunidade.

A reunião teve como finalidade promover uma aproximação entre a CPMA e os parceiros para abordar assuntos como o esclarecimento de aspectos jurídicos, apresentação dos grupos de reflexão e redes de apoio, aproximação dos parceiros, orientações sobre procedimentos, instrumentais e rotina de trabalho.

Atualmente a Central de Penas de Jales conta com a parceria de 29 instituições, entre elas, governamentais e não governamentais sem fins lucrativos. O encontro contou com a presença do coordenador do cartório da 2ª Vara de Execuções Criminais do Fórum de Jales, Jorge Luiz Pantoni, representando o Poder Judiciário.

A equipe da Central jalesense é composta por Adriana Martins Gomes, diretora regional, Jusley Souza, técnica responsável, André Wilson Neves da Silva, oficial administrativo e Larissa Franciele Pereira, estagiária de psicologia.

A central

A Central de Penas e Medidas Alternativas de Jales foi inaugurada oficialmente no mês de abril deste ano, porém, já está em pleno funcionamento desde agosto de 2018. Desde então, já foram cadastrados 252 apenados encaminhados pelo poder judiciário para prestação de serviços à comunidade, sendo que, desses, 93 já foram desligados do programa.

A Central foi implantada pela Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), através da Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania (CRSC) e faz parte da Regional Oeste, que tem sua sede no município de Presidente Prudente. É credenciada ao Poder Judiciário do Estado de São Paulo – Fórum de Jales, e mantêm um convênio com a Prefeitura de Jales, quanto aos Recursos Humanos e espaço físico.

Entre as pessoas encaminhadas pelo Fórum de Jales para o acompanhamento do cumprimento da prestação de serviços, são atendidos munícipes de Jales, Dirce Reis, Mesópolis, Paranapuã, Pontalinda, Santa Albertina e Vitória Brasil. Eles são encaminhados para a execução da prestação de serviços em instituições parceiras em todas as cidades acima relacionadas.