Foi encerrado na segunda-feira, dia 30 de setembro, o ciclo de palestras “Todos pela Vida”, que foram ministradas em escolas municipais de Jales em alusão ao Setembro Amarelo, campanha de prevenção ao suicídio, problema que afeta milhares de pessoas em todo o mundo.

Sendo o dia 10 de setembro o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, data estipulada pela (OMS), o propósito é trazer uma discussão maior sobre o assunto e estimular a conscientização, visando abranger o maior número de indivíduos participantes.  Palestrantes de Jales que trabalham com o Movimento Amor à Vida levaram seus conhecimentos para cada palestra. O projeto, idealizado pela professora Jane Maiolo, está desde 2014 em atividade.

“Em consonância perfeita entre educação e administração, as Escolas de Educação infantil, programaram eventos voltados a atividades que estimulam a discussão, reflexão, conscientização, alertando e divulgando dados sobre o suicídio, e que procuram valorizar a vida”.

O ciclo de palestras foi iniciado no dia 3 de setembro, com o palestrante Rogério Avequi, na EMEI Professora Diva Maciel Jorge.  No mesmo dia, Errivaine Ferreira tratou sobre o assunto na EMEI do Jardim Arapuã. No dia 9, Jane Maiolo conduziu os trabalhos na Escola Municipal Oswaldo Soler, enquanto a palestrante Fernanda Fuga foi a convidada do dia 17, na EMEI Professora Gema Aparecida Prandi Rosa.

No dia 23 de setembro, o escritor e poeta André Gandolfo abordou o assunto na EMEI Professora Nívea Leni Marcondes Pavan Alves. Rafaela Costa, no dia 30, encerrou o ciclo na EMEI Professor Dercílio Joaquim de Carvalho.

“Temos que valorizar a vida em todos os sentidos e trazer os pais para esse tipo de atividade, fortalecendo os laços entre escola e comunidade. A escola é sempre um reduto de estimulação ao que é belo, ao que é bom, e ao que dignifica o ser humano. Falar e preservar a vida é um dever de todos os educadores conscientes do grande instrumento que tens nas mãos”, ponderou Jane.

De acordo com dados levantados pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), no ano passado, a cada 45 minutos uma pessoa tirou sua própria vida no Brasil. A diligência sobre o delicado assunto é mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). “O objetivo do ciclo de palestras é conscientizar sobre os fatores de risco para o comportamento suicida e orientar sobre o tratamento adequado dos transtornos mentais, representando 96,8% dos casos de morte por suicídio, de acordo com o Ministério da Saúde”.

A iniciativa contou com total apoio da Prefeitura Municipal de Jales.