Foi iniciado no sábado, dia 23 de março, o processo de instalação de aproximadamente 21 quilômetros de fibra ótica do programa Cidades Digitais, do governo Federal, que vai oferecer acesso gratuito à internet em pontos previamente estabelecidos, com investimento de cerca de R$ 1.750.000,00. A empresa Ecodril Perfurações Direcionadas e a Petcom foram contratadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações para realizar o serviço que vai garantir as instalações. Funcionários da Ecodril já estão trabalhando a todo vapor na execução da primeira fase que deve demorar 120 dias.

De acordo com Willian Gonçalves Ferreira, gerente regional da Petcom, as Praças João Mariano de Freitas Dr. Euphly Jalles e o Comboio (Feira do Produtor Rural) são locais que terão pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito da população.

O programa prevê também acesso interno em outros 40 pontos, como a Prefeitura de de Jales, Almoxarifado Municipal, SAE/CTA, Terminal Rodoviário, Centro de Zoonoses, Secretaria Municipal de Agricultura, Ganha Tempo, Junta de Serviço Militar, Secretaria Municipal de Assistência Social, Biblioteca Municipal, além das dez unidades de saúde (Estratégia de Saúde da Família), do Núcleo Central de Saúde e escolas municipais.

“Em 2013, quando eu estava na Secretaria de Comunicação da Prefeitura, elaboramos o projeto e fizemos o cadastramento dos pontos. Após esse período o governo federal fez uma pausa e interrompeu o andamento. Quando o prefeito Flá me convidou para assumir a Secretaria de Comunicação, coincidiu com a retomada do Cidades Digitais pelo governo, então atualizamos o cadastramos de novos pontos. Agora, quando recebemos a notícia de que iniciariam a instalação de fibra ótica, tínhamos mais alguns pontos a serem atualizados, como o Ganha Tempo, unidades escolares que foram inauguradas, então solicitei ao coordenador do projeto para que esses pontos fossem incluídos e nosso pedido foi aceito. Fico feliz que esse grande projeto está se tornado realidade”, ressaltou o secretário municipal de Comunicação, Douglas Zílio.

A instalação da fibra óptica está em andamento e é uma das etapas do processo iniciado com a instalação de dutos por uma empresa que utiliza o método diferenciado, chamado não destrutivo, subterrâneo, que instala os dutos sem a necessidade de se abrir valas.

“Pedimos a compreensão da população, pois, mesmo usando o método não destrutivo, serão abertos alguns pontos em calçadas para interligar os tubos por onde passará a fibra ótica. Nas calçadas que serão quebradas, serão colocados tampas e acabamentos necessários para que não haja nenhum transtorno aos munícipes”, garantiu Edson Toti, da empresa Ecodril que executa parte dos serviços em Jales.

Willian Gonçalves, da Petcom ressaltou que “após a conclusão da instalação, há um trâmite que envolve uma visita de técnicos do Ministério e com a liberação deles, a rede é transferida para a Prefeitura, que pode passar a utilizá-la”, explica o gerente.

Com a liberação, tem início a chamada operação assistida: por um período de seis meses, um profissional contratado pela empresa assessora o departamento da Prefeitura responsável pela rede. Logo após a liberação, um treinamento também será realizado por estes profissionais.

O programa

Jales foi um dos um dos 262 municípios selecionados entre 1.901 inscritos para a implantação do programa Cidades Digitais viabilizado por meio de convênio com o Ministério das Comunicações. O principal objetivo do programa é contribuir para modernizar a gestão, ampliar o acesso a serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios por meio da tecnologia.

O prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, disse estar muito feliz com a chegada do programa Cidades Digitais e o classifica “como uma grande oportunidade de oferecer novos serviços e facilidades, com benefícios em diferentes áreas, incluindo pontos públicos para receber acesso gratuito à internet para a população em três pontos estratégicos e acesso interno em outros 40. Tudo isso vem para fortalecer a integração da comunidade e promover desenvolvimento em nossa cidade”, finalizou.