O polo de Jales do Projeto Guri, representado pela coordenadora Cristiane Beletti, apresentou ao prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, um relatório de atividades com o panorama das ações realizadas no ano de 2017. Estiveram presentes a gerente regional de Araçatuba, Gislaine Abrego e o supervisor educacional Rodrigo Luiz de Souza.

O Projeto Guri, gerido pela Amigos do Guri no interior e litoral paulista, é um programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo que oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos gratuitos de iniciação musical, canto coral, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, percussão, teclado e piano.

Em 2016, o Projeto Guri completou 21 anos de existência, tendo atendido, desde seu início, mais de 600 mil crianças e adolescentes entre 06 e 18 anos. Em 2017, cerca de 50 mil alunos e alunas frequentaram as aulas do Projeto Guri em todo o estado de São Paulo. São 334 polos, sendo 57 destes Polos Fundação CASA e 12 Polos Regionais, distribuídos em 279 municípios.

Em Jales o Projeto Guri conta com a parceria da Prefeitura Municipal. “Nossa missão é promover, com excelência, a educação musical e a prática coletiva da música, tendo em vista o desenvolvimento humano de gerações em formação. A nossa visão é ser uma organização referência na concepção, implantação e gestão de políticas públicas de cultura e educação na área da música”, enfatizou Gislaine Abrego.

A política de acesso ao projeto é universal, inclusiva e, portanto, abrangente. Isso significa que não há determinação de nível social, cultural e de aprendizagem musical para matrícula de alunos. Foi estabelecida como meta ter, no mínimo, 70% de seus alunos em condição social econômica vulnerável. No Polo de Jales, no primeiro semestre de 2017, cerca de 84% dos alunos eram de famílias em situação de vulnerabilidade, enquanto no segundo semestre a porcentagem caiu para 64%.

De acordo com o relatório, em Jales foram oferecidas 212 vagas e preenchidas 175 para cursos de Clarinete, Contrabaixo, Coral Infantil, Coral Juvenil, Eufônio, Flauta Transversal, Percussão, Saxofone, Trombone, Trompete, Viola, Violão, Violino, Violoncelo.

A coordenadora do Polo Jales, Cristiane Beletti, lembrou que em 2017 os alunos do Projeto Guri realizaram cerca de 12 grandes apresentações “em eventos de datas comemorativas ou temáticas, Eca Rock, Dia da Música, Vida é Energia (da Elektro), Feira da Uva e do Mel, comemoração do Dia das Mães, Atividade Voz e Movimento, entre outros”.

O aluno de Violino, Michel Feres Caetano disse que “antes de entrar para o Projeto Guri, eu sentia que era brincalhão, não parava quieto, bagunçava muito. Hoje sou mais calmo e tranquilo, me organizo melhor. Aprendi a ler partituras, fiz colegas. O professor é legal, aprendi a tocar violino, a tia Cris é legal, e eu gosto de participar das apresentações”. Já Rosângela Guilhien Gomes da Rocha, mãe de um dos alunos, ressaltou que “conheci o Projeto Guri através de uma amiga que me falou sobre o projeto e me incentivou a matricular meu filho. Tem sido muito bom, ele gostou de tudo o que tem aprendido, desde o curso de bateria e percussão e também do coral infantil. Às vezes ele chega em casa e sai cantando as músicas que aprendeu. Gostei muito de tudo, desde a coordenação e dos professores, o respeito, a atenção o carinho dispensados ao meu filho, estou muito satisfeita e pretendo manter meu filho no próximo ano. Em relação à apresentação, eu fiquei feliz com o aprendizado, estão todos de parabéns”.

Para o prefeito Flá “é de extrema importância continuar apoiando um projeto da grandeza do Projeto Guri que promove o ensino de música, voltado à formação de crianças, adolescentes e jovens, sempre acompanhado de perto por um olhar atento às necessidades desse público, potencializando e desenvolvendo os alunos em sua integralidade. Todos os envolvidos estão de parabéns pelos excelentes resultados alcançados e pelo bem que estão fazendo à sociedade”.

Cristiane Beletti agradeceu o apoio da Prefeitura de Jales. “Estou aqui para agradecer à Prefeitura, em nome do prefeito Flá pelo apoio dado ao Polo de Jales do Projeto Guri. A Prefeitura nos cede o espaço físico para as aulas, transporte, lanche e também manutenção do espaço quando necessário. Isso é muito importante para garantir que os alunos desfrutem de segurança e conforto e tenham um aprendizado como eles merecem”, finalizou.