Na tarde da última quarta-feira, dia 27 de novembro, foi realizada na ESF (Estratégia Saúde da Família) Getúlio de Carvalho do Jardim Arapuã uma palestra em relação à campanha “Novembro Azul”, que destaca o combate ao câncer de próstata.

O palestrante convidado foi o médico urologista Gunther Luis Rodrigues, que falou sobre a importância da detecção precoce, diagnóstico e o tratamento da doença para aproximadamente 40 homens presentes.

A enfermeira da ESF do Arapuã, Tatiane Sanchez diz que “foi um evento muito importante, pois os homens não costumam procurar atendimento médico para prevenção de doenças. Neste dia tiveram a oportunidade de tirar dúvidas com um profissional da área e também realizar o pedido de PSA”.

Foram realizados pedidos de exame de PSA (Antígeno Prostático Específico) e testes rápidos de HIV e Sífilis. Além disso, os participantes tiveram a oportunidade de compartilhar um café da tarde com várias guloseimas, como também participar de sorteio de brindes.

A PATOLOGIA

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens brasileiros. Esse tipo é considerado como câncer da terceira idade já que cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

Em sua fase inicial, a patologia tem evolução silenciosa. Muitos dos pacientes não manifestam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata. Na fase avançada, pode ocasionar dor óssea, sintomas urinários e, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Segundo o INCA – Instituto Nacional de Câncer, o diagnóstico precoce desse tipo de câncer possibilita melhores resultados no tratamento e deve ser buscado com a investigação de sinais e sintomas como a dificuldade de urinar, diminuição do jato de urina, necessidade de urinar muitas vezes durante o dia ou à noite e sangue na urina.