Pensando na reativação do Museu Histórico Municipal no Espaço Cultural José Carlos Guisso, onde também funciona a Biblioteca Municipal, o diretor de Turismo da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo de Jales (SMECT), Luiz Carlos Gonzaga, participou ao lado da responsável pela biblioteca, Carla Fontana, do Encontro Paulista de Museus Itinerante Noroeste (EPMi Noroeste), evento do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e ACAM Portinari, realizado nos dias 26 e 27 de junho, no SESC Birigui.

O encontro gratuito teve programação especialmente desenvolvida para a área de museus, com conferências, mesas de trocas de experiências e oficinas relacionadas à gestão, governança, infraestrutura e segurança. O primeiro dia do EPMi Noroeste contou com os painéis “Infraestrutura e segurança” e “Gestão e governança”, entre outras atividades. No segundo dia foram realizadas as oficinas: “CEM-SP: gestão de segurança de acervo”, “O design de experiência como estratégia de aproximação dos públicos” e “Rotinas de manutenção em museus”.

Em dezembro de 2002 o Espaço Cultural José Carlos Guisso passou a abrigar o Museu Histórico Municipal que no ano 2011 foi desativado para que no local fosse montada a exposição “Hiroshima e Nagasaki: um agosto para nunca esquecer!”, sobre a 2ª Guerra Mundial e as bombas atômicas que caíram as duas cidades japonesas. Depois disso o Museu nunca mais foi reaberto.

“É prioridade para nós reativarmos nosso museu e mostrar para a população parte da história do município e resgatar a memória de quem fez história ao longo de todos esses anos. Quando assumi o cargo de Diretor de Turismo o prefeito Flá me pediu prioridade na reabertura de nosso museu e este evento de Birigui vai nos ajudar a nortear as ideias e garantir que o museu histórico volte a funcionar em Jales”, frisou Luiz Gonzaga, que acrescentou: “no Encontro Paulista de Museus Itinerante Noroeste foi possível participarmos de conferências, mesas para trocas de experiências, oficinas sobre gestão, infraestrutura e segurança em museus e essa troca de informações nos será muito útil”.