O prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco, o Flá, obteve do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) parecer favorável à aprovação das contas da Prefeitura Municipal de Jales, referentes ao exercício de 2017, o primeiro ano de seu mandato. Os conselheiros do TCE destacaram a aplicação correta dos recursos públicos e o cumprimento dos índices estabelecidos para as áreas da saúde, educação e de gastos com pessoal.

A decisão da Segunda Câmara teve voto favorável dos Conselheiros Renato Martins Costa, presidente e relator, e Dimas Ramalho e do Auditor Substituto de Conselheiro, Antonio Carlos dos Santos. A sessão aconteceu no dia 30 de julho deste ano e as informações apresentadas pela gestão municipal atestam o compromisso com a legalidade, o controle fiscal e a transparência pública, conforme reforçou o procurador-geral do Município, Pedro Manoel Callado Moraes.

Mesmo enfrentando o momento em que o país passa por uma crise econômica, a Prefeitura de Jales investiu acima dos índices constitucionais e legais em Educação, Saúde e teve superávit em sua execução orçamentária. “Sob o enfoque econômico-financeiro, a Assessoria Técnica ponderou que os resultados contábeis obtidos pela municipalidade não prejudicaram o equilíbrio das contas, tendo em vista que o déficit financeiro apresentou uma redução em relação ao exercício anterior e correspondeu a menos de um mês de arrecadação da receita corrente líquida”, disse trecho do parecer.

Para o prefeito Flá “a aprovação das contas já era esperada, pois a gestão municipal tem se comprometido a cumprir as determinações da Corte de Contas. Estamos voltados ao cumprimento da legislação e correta aplicação dos recursos públicos. Jales vive um novo momento e isso é resultado de um trabalho em equipe, competente e que exerce suas funções com responsabilidade e seriedade. Trabalhamos de forma honesta e a orientação é para que nossas equipes gerenciem bem os recursos e utilizem cada centavo de forma responsável, para que a população seja beneficiada”.