Pensando na proteção da vida dos munícipes e profissionais que zelam pela cidade, principalmente em período de pandemia da Coid-19, a Prefeitura de Jales, por meio de sua Secretaria de Comunicação, orienta, mais uma vez, sobre o descarte correto de lixo, em especial de máscaras, luvas e itens pessoais.

Deve-se lembrar de que todos os produtos de prevenção utilizados, como máscaras e luvas, não devem ser disponibilizados à coleta seletiva, independente de ser caso suspeito ou não, pois correm o risco de estarem contaminados. O material deve ser descartado em lixo comum.

É necessário que os resíduos em geral sejam colocados em sacos, de preferência duplos, sejam bem fechados, e com no máximo dois terços de sua capacidade total de armazenamento preenchido, com o objetivo de evitar o rompimento.

O lixo deverá ser descartado nos horários de coleta destinada ao lixo convencional. Também é importante observar se não há perfurações nas embalagens e acondicionar os objetos cortantes em caixas de papelão ou garrafas pets.

“Essa semana lançamos uma campanha nas redes sociais da Prefeitura de Jales, pedindo para que os munícipes que possuem familiares com suspeita ou confirmados para a Covid-19, que amarrem uma fita vermelha no saco de lixo e o pulverizem com soluções desinfetantes. A empresa responsável pela coleta desse lixo está orientando os funcionários para ficarem atentos às identificações com a fita vermelha. Assim, poderão tomar as providências necessárias para o recolhimento do material e se protegerem”.

Uma das maiores preocupações é manter a contaminação fora do alcance dos profissionais de limpeza urbana, como coletores, garis, agentes de cooperativas de reciclagem, entre outros, que são fundamentais pela limpeza e manutenção do município.

“Vimos algumas postagens nas redes sociais e decidimos reforçar novamente essas orientações através de uma nova campanha porque é muito importante a população respeitar as medidas de prevenção, atender às recomendações necessárias para evitar a proliferação do vírus e garantir a proteção dos coletores de lixo que podem correr o risco de recolher materiais contaminados sem saber. Vamos cuidar de que quem cuida da gente”, frisou o secretário de Comunicação, Douglas Zílio.

Prefeitura orienta sobre descarte correto de lixo durante a pandemia da Covid-19