A Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana, iniciou na semana passada a substituição de lâmpadas queimadas nas luminárias ornamentais dos canteiros centrais na Avenida João Amadeu, nas proximidades do Pórtico de Entrada da cidade até o Jales Clube. Outros pontos da cidade também terão lâmpadas danificadas substituídas.

Assim que concluído o processo de licitação, as lâmpadas serão de LED, que consomem menos energia que as convencionais e proporcionam grande economia, além de serem mais duradouras e eficientes.

“Estamos fazendo a manutenção do existente, mas faremos a licitação para compra das luminárias para lâmpadas de LED e também aquisição de luminárias de lâmpadas de vapor de sódio e metálico para podermos fazer a substituição em pontos necessários, como as praças, por exemplo. Estamos, portanto, realizando a substituição das lâmpadas queimadas pelas mesmas lâmpadas de vapor de sódio e vapor metálico. Já fizemos em toda a extensão da Avenida João Amadeu, vamos fazer no pátio da Igreja Matriz e outros locais da cidade que apresentam problemas na iluminação ornamental”, contou o secretário de Planejamento Nilton Suetugo.

Suetugo ressaltou ainda que “temos diversos locais cuja iluminação pública ornamental implantada em Jales há anos atrás e de responsabilidade da Prefeitura, apresentaram problemas, talvez pela qualidade dos equipamentos, de um projeto possivelmente mal instalado. Tivemos problema de apagões, muitas lâmpadas queimadas a até insuficiência de rede. Temos vários locais que utilizam lâmpadas de vapor de sódio, aquela amarelada, e algumas com vapor de mercúrio, iluminações muito precárias e que não proporcionam boa iluminação, por essa razão, vamos em breve, substituir por luminárias de lâmpadas de LED”.

Niltinho falou sobre as luminárias instaladas no passado nos prolongamentos da Avenida Francisco Jalles e João Amadeu até o Jales Clube e em parte da Avenida Paulo Marcondes. “Infelizmente, no passado, quando a Prefeitura fez a instalação das luminárias ornamentais nesses locais, foram colocados postes metálicos inadequados, muito esbeltos, mas que, com qualquer esbarrão causado por acidentes, danifica os postes que não tem reparos, já que ficam completamente retorcidos”, frisou Niltinho.

O secretário de Comunicação da Prefeitura, Douglas Zílio, enfatizou que reclamações sobre pontos escuros devem ser feitas por meio da Ouvidoria, através do telefone 0800 7720063. “Muitas pessoas ainda confundem quem são os responsáveis pelos serviços de troca de lâmpadas. A iluminação pública do município é de total responsabilidade da Elektro, portanto as reclamações sobre as luzes nos postes devem ser feitas pelo 0800 7010102. A Prefeitura é responsável apenas pela iluminação ornamental, aquela em praças e canteiros”.

Para o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, “a iluminação pública é prioridade para a nossa administração. A população não pode e não vai viver no escuro. Estamos fazendo a nossa parte para garantir segurança à população”.