No dia 18 de outubro, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do SAE/CTA (Serviço de Assistência Especializada e Centro de Testagem e Aconselhamento), promoveu uma capacitação no auditório do AME de Jales sobre a “Diversidade Sexual, zero discriminação e Direitos Humanos para o acolhimento das populações vulneráveis”.

A capacitação abordou assuntos como o contexto histórico e político da comunidade LGBTQ+ no Brasil e no mundo; o serviço prestado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a essa população; a legislação e os CIDs 10 (Classificação Internacional de Doenças) relacionados ao tema; ênfase na obrigatoriedade do uso do nome social; acolhimento; definição de vulnerabilidade e sua população específica; uso da ficha de atendimento do Fique Sabendo; notificações; relato de casos e troca de experiências.

A qualificação contou com a palestra do psicólogo do SAE/CTA, Kleber Rogério Trivizoli da Silva, como também a participação especial dos alunos da Escola Técnica Estadual – ETEC Dr. José Luiz Viana Coutinho do curso de Desenvolvimento de Sistemas que explicaram mais sobre a diversidade sexual no país e no mundo.

Participaram da capacitação os profissionais de saúde da rede de atenção básica de Jales e região, AME de Jales, Santa Casa de Misericórdia, CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Secretaria Municipal de Educação, sociedade civil, SAE/CTA, GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica da Região), alunos da ETEC e professores mediadores.

“Essa capacitação foi muito importante para nós por conta da participação dos alunos da ETEC, que trouxeram uma linguagem nova com uma visão de pessoas que vivem dentro da sociedade sobre a diversidade sexual. Para nós é muito importante no que diz respeito da participação da sociedade civil, o quanto as pessoas estão atentas, o quanto elas conhecem sobre o assunto. Então a finalidade é acabar com a discriminação”, completou a coordenadora do SAE/CTA de Jales, Dieine Morise Garcia.