A Secretaria Municipal de Saúde de Jales alcançou um expressivo índice durante a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, que inclui a H1N1, H3N2 e Influenza B, imunizando quase 93% da população. A meta era vacinar pelo menos 90% do público–alvo. A campanha foi iniciada em 23 de abril e o “Dia D” em 12 de maio nas estratégias de Saúde (ESF) do município que possuem sala de vacinação.

Durante a campanha foram vacinados idosos a partir dos 60 anos, gestantes, crianças com mais de seis meses e menos de cinco anos, mulheres que deram a luz há até 45 dias, trabalhadores da área da saúde, professores das escolas públicas e privadas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que estão sob medida socioeducativa e indígenas.  A escolha desses grupos se deu ao fato de eles serem mais vulneráveis aos efeitos da gripe e sofrerem mais com seus sintomas e desdobramentos.

A partir do dia 25 de junho, a vacinação foi estendida para crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59 anos. Nesses grupos não serão avaliadas a cobertura vacinal, somente as doses aplicadas. “A campanha já terminou, porém os grupos de gestantes, puérperas e crianças com idades entre 6 meses e 5 anos não atingiram a meta de cobertura,  por isso ainda não podemos estender o que temos em estoque para a população em geral, pois , temos que garantir essas doses a esses grupos. Assim que a meta desses grupos específicos for atingida, disponibilizaremos a vacina para a população em geral”, informou Eloá Scrignoli Koga, da equipe municipal de Vigilância Epidemiológica de Jales

Este ano, o imunobiológico disponibilizado para população foi trivalente, que protege contra os subtipos da gripe H1N1, H3N2 e o influenza B. De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica do município de Jales, Renata Forte Rachieli, a vacina tem validade de um ano.

De acordo com a Secretaria de Saúde, em Jales, 12.887 pessoas fazem parte do grupo prioritário de cobertura vacinal. “Chamamos a atenção das gestantes e puérperas e dos pais e responsáveis pelas crianças com idades entre 6 meses e 5 anos para que procurem a unidade de saúde com sala de vacinação mais próxima para tomar a vacina e se proteger contra a gripe”, disse a secretária de Saúde, Maria Aparecida Moreira Martins.

As unidades com salas de vacina são as ESFs Joaquim Rezende (Municipal), Shigueiro Kityana (Roque Viola), Setue Suetugo (São Jorge), Luís Ernesto Sandi Mori (JACB), Francisco Xavier Rego (Paraíso), Zilda Arns (Novo Mundo), José Cícero Fontes Xavier (Rural) e o Núcleo Central de Saúde.

Gripe

A gripe é causada pelo vírus influenza e os principais sintomas são febre alta, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça, coriza e tosse seca. A transmissão se dá de pessoa para pessoa, através do contato com secreções das vias respiratórias por meio de conversas, tosses ou espirros provenientes de pessoas contaminadas.

Ações simples como lavar as mãos com frequência, cobrir a boca e o nariz quando espirrar ou tossir, usar lenços descartáveis para a higiene nasal, manter o ambiente ventilado, evitar locais fechados e adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos favorece a não proliferação do vírus da gripe.