Foram iniciadas no mês de agosto as obras de reforma e adequação nas instalações físicas da Unidade de Pronto Atendimento, mais conhecida como UPA de Jales. Os danos estruturais causados no prédio serão reparados em duas etapas distintas. A primeira está sendo realizada pela empresa ENGERB Construções e Incorporações LTDA, que foi notificada pela municipalidade através da Secretaria Municipal de Obras, Serviços Públicos e Habitação, em função de problemas estruturais, como rachaduras nas paredes, por exemplo.

“A empresa justificou que a galeria que esta embaixo do prédio é a única responsável pelos danos estruturais na unidade e, apesar de contrapor o entendimento da empresa, a municipalidade em acordo, propôs refazer toda a galeria, redirecionando a mesma para uma posição, e assim, a empresa realizasse todos os reparos necessários no prédio, desde o reforço da fundação até a recuperação dos locais afetados, como por exemplo a recepção, sala de Raio-X, sanitários e salas da unidade”, ressaltou o secretário Manoel de Aro.

A segunda fase contempla adequação e reforma da sala de Raio-X, onde a atual sala será, a principio, desativada e o serviço de Raio-X será transferido para uma segunda sala dentro da própria UPA. O CONSIRJ (Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região Jales), que administra a unidade, segue orientações do Ministério Público Federal e Estadual, e está tomando as devidas providências para evitar riscos que poderiam ser causados caso o espaço não fosse reformado. A empresa Max Construções e Serviços em Edificações EIRELI – EPP é a responsável pela obra.

É importante lembrar que a evolução da reforma não prejudica os atendimentos de emergência na UPA. De acordo com o diretor administrativo da unidade, José Roberto Pietrobom, “a obra foi dividida em duas etapas justamente para isso não acontecer. Estamos realizando os reparos necessários para que as pessoas possam ser atendidas com segurança e conforto e para que nossas equipes possam trabalhar com tranquilidade de que o prédio é seguro e capaz de atender as demandas dos 16 municípios atendidos pelo CONSIRJ”.

A UPA de Jales foi inaugurada em abril de 2012 e recebeu o nome de “Dr. Satoru Yamada”. A unidade faz parte da Política Nacional de Atenção às Urgências implantada pelo Governo Federal. O prédio de Jales conta com 1.271,60 m² de construção, possui 48 salas de atendimento para diversas finalidades, além de outras dependências.

Para o prefeito Flá, a reforma é necessária. “Embora se trate de um prédio relativamente novo, pois foi inaugurado em 2012, sempre apresentou problemas. Ele foi construído ao lado da linha férrea e sobre galerias que também já apresentaram problemas. Estava mais que na hora de realizarmos obras de reformas e adequação naquele local que atende centenas de pessoas de toda a região todos os dias”, enfatizou o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, que também é presidente do CONSIRJ.